Apologético dominical – I Domingo do Advento

Apologético – I Domingo do Avento

Anúncios

Santo do dia – 29/11 – São Saturnino de Toulouse

Nascimento: indeterminado (Patras, Grécia)
Falecimento: 257 (Toulouse, França)SaoSaturnino_01_Nov-29

⇒ Mártir.
⇒ Baseado nas informações do escrito “Paixão de Saturnino”.
⇒ Após uma peregrinação pela Terra Santa, iniciara a sua missão de evangelização no Egito, onde converteu um bom número de pagãos.
⇒ Foi, então, para Roma e, fazendo uma longa viagem por vales e montanhas, atingiu a Gália.
⇒ Fixou-se em Toulouse como seu primeiro bispo nos anos 250. Era uma região bem desorganizada depois do o grande massacre dos mártires de Lyon.
⇒ Martírio: qualquer reunião cristã na época era proibida. Entre a igreja onde Saturnino celebrava as missas e a sua casa havia um templo pagão dedicado a Júpiter Capitolino. Um dia em 257 Saturnino passando em frente a esse templo, um homem na multidão apontou para o santo dizendo: “Eis aquele que prega em todo o lado que os nossos templos devem ser derrubados e se atreve a chamar demônios aos nossos deuses!”. A multidão cercou Saturnino, prendeu-o com cadeias e arrastou-o para o Capitólio de Toulouse.
⇒ O juiz ordenou que Saturnino oferecesse o sacrifício de um touro em honra a Júpiter e renunciasse a pregar Jesus Cristo.SaoSaturnino_03_Nov-29
⇒ Com a ajuda de um anjo que lhe apareceu, o santo recusou firmemente, dizendo “Conheço apenas um Deus, o único verdadeiro; só a Ele oferecerei sacrifícios no altar do meu coração. Como posso temer aqueles que, como vós mesmos reconheceis, tremem na presença dos cristãos?”
⇒ Saturnino foi então atado ao touro pelos pés e arrastado pela escadaria do Capitólio, tendo ficado com a cabeça e os membros do corpo esfacelados.

Fonte: pt.wikipedia.org e http://www.paulinas.org.br

Fotos – 23/11/2014 – Último domingo depois de pentecostes

“Para nós, que estamos aqui hoje, não temos que pensar em 100, 200 mil anos, (…) Para nós que temos fé não é para temer (a morte). Pelo contrário. Se cremos em Deus, a morte é o renascer para a vida com Deus. Por isso nesse final de ano litúrgico (…) reflitamos a finitude da nossa vida. E na necessidade de não adiarmos a nossa ascese.” (Pe. Leles)
Missa20141123-01 Missa20141123-02 Missa20141123-04 Missa20141123-05 Missa20141123-07 Missa20141123-08 Missa20141123-09 Missa20141123-11 Missa20141123-12 Missa20141123-13