Liturgia Diária- 29/07/2017

SANTA MARTA, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa “Dilexisti” com Evangelho próprio.

image003

As escrituras contam que, em seus poucos momentos de descanso ou lazer, Jesus procurava a casa de amigos em Betânia, local muito agradável há apenas três quilômetros de Jerusalém. Ali moravam Marta, Lázaro e Maria. Há poucas, mas importantíssimas citações de Marta nas sagradas escrituras.

É narrado, por exemplo, o primeiro momento em que Jesus pisou em sua casa. Ali chegando Jesus conversava com eles e Maria estava aos pés do Senhor, ouvindo sua pregação. Marta, trabalhadora e responsável, reclamou da posição da irmã, que nada fazia ouvindo o Mestre. Jesus aproveita então para ensinar que os valores espirituais são mais importantes que os materiais, apoiando Maria em sua ocupação de ouvir e aprender.

Fala-se dela também quando da ressurreição de Lázaro. É ela quem mais fala com Jesus, nesse acontecimento. Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, o meu irmão não teria morrido. Mas mesmo agora, eu sei que tudo o que pedires a Deus, Deus dará”. (Jo 11,20-22). O milagre de reviver Lázaro solicitado com tamanha simplicidade, por Marta, exemplifica a plena fé na onipotência do Senhor.


SANTOS FÉLIX, SIMPLÍCIO, FAUSTINO E BEATRIZMártires

Comemoração- Missa conforme à de Sta. Marta, com orações próprias

No mesmo dia de Santa Marta prima de Jesus, a Igreja comemora os mártires irmãos romanos Simplício, Faustino e Beatriz, que morreram pela fé de Cristo na perseguição dos imperadores Diocleciano e Maximiano.

Simplicio e Faustino de Roma foram presos. Como eram muito constantes na fé, um vigário do imperador mandou torturá-los e depois degolá-los, sendo seus corpos despejados no rio Tibre. Sua santa irmã Beatriz os recolheu para dar sepultura digna, e depois se escondeu na casa de uma santa viúva chamada Lucina, a qual passava dia e noite em oração, penitência e obras de piedade.

Sete meses durou esta santa companhia; mas o Senhor permitiu que um homem poderoso, chamado Lucrécio, ficasse cego de ambição e desejasse tirar de Santa Beatriz os seus bens de herança, juntando-os ao patrimônio que ele já possuía. Para poder fazê-lo mais facilmente e sem nada gastar de seu bolso, sabendo de sua condição de cristã, fez a ela um convite para sacrificar aos ídolos.

Como Beatriz confessou espontaneamente ser cristã e que de forma alguma adoraria a falsos deuses, Lucrécio a jogou na prisão, e à noite sufocou-a pelo pescoço até morrer. Sua santa amiga Lucina enterrou o corpo dela junto aos de seus irmãos Simplicio e Faustino. Mais tarde o Papa Leão II edificou um magnífico templo emRoma, e para lá trasladou os corpos santos destes mártires.

Para mostrar o tamanho mal que acontece aos que se deixam levar pela cobiça, e que o Senhor descobre e pune as ciladas e artifícios dos homens maus, convém saber como foi o castigo sofrido por Lucrécio.

O ímpio senhor, tão logo se apossou da herança de Beatriz, ofereceu a alguns de seus amigos uma festa para comemorar o delito. Enquanto ele se esbaldasse de alegria e chacota, zombando dos santos mártires e se sentindo dono da fazenda que não lhe pertencia, do nada compareceu ao banquete uma mulher com um bebê lactante aos braços. O bebê, em alto e bom som, disse diante de todos: “Olá, Lucrécio! Mataste, e te apossaste de bem alheio, e caíste em mãos de teu inimigo.”

Imediatamente Lucrécio caiu atordoado, ficou pálido e passou a sangrar; em seguida, ficou possesso do demônio, que lhe atormentou cruelmente durante três horas, para então morrer com grande dano à sua alma e grande proveito de muitos, que com tal fato entenderam que Deus não só reserva o prêmio aos bons e o castigo aos maus, como também tira a máscara dos que mentem e tramam, e mostra que as benesses obtidas por meios ilícitos se transformam em punhal e veneno dos que pecam para conquistá-los.

A Igreja celebra a festa dos Santos Simplício, Faustino e Beatriz no dia de seu martírio, ocorrido em 29 de julho de 302. Fazem menção deste fato todos os Martirológios: o Romano, o de São Beda, o de Usuardo e o de Adon; nas Atas de Santo Antímio Mártir, também se escreve a suma do martírio destes santos irmãos.


LEITURAS

Epístola (II Cor 10, 17-18; 11, 1-2)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.

Irmãos: quem se gloria, glorie-se no Senhor. Pois merece a aprovação não aquele que se recomenda a si mesmo, mas aquele que o Senhor recomenda.  Oxalá suportásseis um pouco de loucura de minha parte! Oh, sim! Tolerai-me. Eu vos consagro um carinho e amor santo, porque vos desposei com um esposo único e vos apresentei a Cristo como virgem pura.

Evangelho ( Lc 10,38-42)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, estando Jesus em viagem, entrou numa aldeia, onde uma mulher, chamada Marta, o recebeu em sua casa. Tinha ela uma irmã por nome Maria, que se assentou aos pés do Senhor para ouvi-lo falar. Marta, toda preocupada na lida da casa, veio a Jesus e disse: Senhor, não te importas que minha irmã me deixe só a servir? Dize-lhe que me ajude. Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, andas muito inquieta e te preocupas com muitas coisas; no entanto, uma só coisa é necessária; Maria escolheu a boa parte, que lhe não será tirada.

 

Anúncios

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s