Lutero. Profeta ou Revolucionário? Pontos chave sobre um pensamento surpreendentemente atual

Tradução de Airton Vieira

Colunista Convidado: Martinho Lutero 500 Anos mais Tarde: Profeta ou Revolucionário? Pontos chave sobre um pensamento surpreendentemente atual

Neste dia se cumprem os 500 anos do protesto de Martinho Lutero em Wittenberg, com suas 95 teses. É frequente retroceder até aquele 31 de outubro de 1517 –dia em que supostamente Lutero pregou essas 95 teses na porta da Catedral – como o começo da Reforma Protestante, se bem não todos os historiadores compartem esta visão. De fato, o verdadeiro ponto de inflexão luterano não o haveremos de encontrar no protesto de Lutero contra as indulgências, mas em sua “Experiência da Torre” (ou “do banheiro”, como o expressou Lutero, cf. Conversas à mesa, 3232c), a qual representa o Durchbruch, o ‘fragmento convincente’ da Reforma que se tornou ‘oficial’ no ano 1520, quando Lutero compôs sua De captivitate babilonica Ecclesiae, oferecendo sua nova doutrina sobre os sacramentos em relação à graça. Continuar lendo

Anúncios

Missa ecumênica

Por Germán Mazuelo-Leytón

 Tradução de Airton Vieira 

Para comemorar o V Centenário da apostasia luterana, na calçada católica, as Comunidades de Base e o movimento «Somos Igreja», se constituíram nos abandeirados do progressismo católico para levar –desde a base-, a plena realização os objetivos do falso ecumenismo. Continuar lendo

As Sutilezas de Deus ou A Confeitaria Divina

Por Airton Vieira*

 

Com o horário de verão e o clima, literalmente, esquentando, minha pressão que já não é das mais robustas, nestes tempos se vê ainda mais em baixa. Daí que sempre acabo, em minhas andanças, buscando instintivamente um lugar mais ameno para viver, para ter mais anima. Mas quando o lugar não é monoclimático, como atualmente é o caso, ao entrarmos nos períodos mais quentes o corpo já dá sinais de arrego.

Toda essa prolixidade para dizer em que estado amanheci nesta quente manhã de outubro para a Missa das 6:00 (com cara de 5:00). Mas não só. Há ainda um outro motivo, menos supérfluo, mais sublime, porque, claro, não dependerá de mim ou de minha (im)pressão. Continuar lendo

Um bispo fala: entrevista a Mons. Schneider pelo Pe. Javier Olivera Ravasi

Buenos Aires, 1º de Outubro de 2017

Tradução de Airton Vieira – Aproveitando a visita que Mons. Athanasius Schneider fez à Argentina, no marco do XX Encontro de Formação Católica organizado pelo Círculo de Formação San Bernardo de Claraval, tivemos a oportunidade de entrevistá-lo graças à generosidade de seus organizadores.

Queremos aproveitar também para agradecer de público, não só à Sra. Virginia Olivera de Gristelli e seu esposo, Jorge, como também aos jovens que, abnegada e sacrificadamente, organizaram um dos encontros católicos mais importantes de nosso país.

Quanto à entrevista, oferecemos aqui, o vídeo e a transcrição que, cremos, vale a pena dedicar um tempo para ouvi-la, a fim de,

Que no te la cuenten[1]

Continuar lendo